Trincheira de letras

O Jornalismo Esportivo é uma especialização que lida com alto grau de risco de parcialidade, pois tanto jornalistas quanto leitores têm preferências por determinados times ou atletas. Por isso, o profissional da área deve tomar cuidado com a paixão ou repúdio que seu texto pode facilmente provocar no público.

É o que não acontece com o senhor AE, devido ao alto índice de criticas que recebeu em seu blog “Sem Barreira”, com 95% de rejeição, o senhor AE se escondeu na sua trincheira de letras, de lá dispara a esmo suas emoções parciais. Se escondeu atrás dos seus comentários, excluindo dos leitores o poder democrático de opinar sobre assuntos de seu interesse.

O futebol é usado pelo cidadão como uma válvula de escape para os problemas do dia-a-dia… o chefe, o trabalho que detesta a corrupção e a impunidade, a violência crescente, a escola das crianças, as contas a pagar… e é ali que ele se encontra de novo, volta a se sentir importante, parte da sociedade.

E cabe ao jornalista esportivo, imparcial ser esta ponte, entre o real e o sonho. É licito o editor moderar os comentários, mas o que parece somente comentários com criticas “construtivas” pode ser lidos, ou os comentários que ele quer ler ou ouvir.

O jornalista criou uma barreira no seu blog “Sem Barreira”, deliberadamente o seu ideal está em decadência e quem sabe um dia ele faça uma analise dos contextos e formatos dos seus veículos de comunicação, reformulando suas idéias e ações e deixe que o povo possa ultrapassar esta trincheira de letras, “Sem Barreira”.

Mais uma bela coluna escrita pelo Robson Tovarish. Que toma a dianteira no sensacional debate com o André Ponte Preta. André, cadê seu texto?

Anúncios

21 Respostas to “Trincheira de letras”

  1. imprensamineira Says:

    Cadê o André pra chegar junto e debater esse tema?

    • Andre Ponte Preta Says:

      Cá estou, meu caro amigo.
      Como eu tinha dito antes, tenho sofrido por causa da marcação do nosso CPD, hehe.. mas cá estamos.

      Quanto a este texto do Robson, se ele assumiu a dianteira, vai levar meu aplauso. Eu assino embaixo de tudo que ele escreveu.

      Geralmente, eu discordo da postura do Robson, que (por razões óbvias) é adepto de sublimar as conquistas cruzeirenses utilizando-se do expediente de desvalorizar as nossas (que andam ralinhas, fazer o que?). Mas nesse post, ele foi simplesmente brilhante. Temos aqui um exemplo de como um profissional da imprensa lida com a rejeição quase generalizada que as recentes atitudes dele vem provocando. O Alterosa Esporte já foi uma referência na cobertura esportiva mineira, mas hoje padece vitimado pela própria soberba. E o Leopoldo tem lidado com isso de forma muito abaixo do que o torcedor mineiro merece. Volto a dizer: o Robson foi absolutamente brilhante neste texto. Assino embaixo, concordando e ressaltando que nesse momento em que tanto se discute a importância do diploma universitário para o exercício da profissão de jornalista, o exemplo do AE mostra que nem todo diploma confere ao seu portador o tato e a percepção que o jornalista deve ter, seja ele esportivo ou não.

      E quanto ao meu sumiço, aqui tá brabo, mas sempre que eu posso venho aqui. Acho que sou o atleticano mais bem recebido deste espaço, e isso, além de ser uma honra pra mim, é também um grande sinal de que a cada dia podemos mais e mais fazer das nossas torcidas o exemplo que o resto do Brasil precisa.

      • imprensamineira Says:

        Será sempre bem vindo, mas nos deve um post nota 10. Lembre-se que de um atleticano exigirei mais do post, heim? ehehehee… abraços

      • Robson Tovarish Says:

        Caro Andre.

        Este espaço democrático não é para capitalizar rancores e sucumbir opiniões, ainda mais vindas de um ilustre alvinegro. A colocação inteligente das palavras, mesmo rebatendo as criticas, reiterando a sua postura diante das suas ideologias, você conseguiu criar uma dinâmica racional em quem as recebe, por isso que a população do blog o recebeu com simpatia.

        Cada balaio tem seu dono e cada produto um nome, aqui pertinente a Cruzeiro e Atlético e a imprensa provinciana. Nossas diferenças nas camisas e paixões futebolísticas, nunca hão de misturar ao DNA da violência, da emoção irracional e outros apetrechos incoerentes que só a paixão pelo gol, pelo clube e pelos craques pode revelar.

        Enfatizando, o seu anjo da guarda alvinegro, colidiu com as aspirações do grande guardião azul estrelado. Isso vem da alma, do coração, dos plasmas, citoplasmas e núcleos, formando células de grande poder racional e de respeito.

  2. wander prado Says:

    Belas palavras concordo com tudo.

  3. simone castro Says:

    Assino embaixo!
    Existem blogs que só mostram as opiniões que querem, então, não deveriam existir, já que blogs permitem diferenças de opinião, desde que seja com respeito, claro.
    Para mim, a pior barreira é o próprio Leopoldo, que com o tempo se tornou insuportável, devido aos vários gols contra que faz…

  4. Leonardo Says:

    Galera venho através desta pedir uma grande ajuda a toda nação de guerreiros azuis, porque em minha região zona da mata quem transmite os jogos é a TV Panorama a mesma apaixonada pelo futebol carioca não da a minima para nos mineiros. Por Favor preciso do maior numero possivel de manifesto no site dessa merda de televisão http://www.megaminas.com e depois clique no link la no rodapé em fale conosco. Por favor gente não aguentamos isso mais, Cruzeiro x São Paulo não será transmitido por ela porque ela vai passar a grande familia. Isso é uma falta de respeito com nos torcedores. POR FAVOR PEÇO ENCARECIDAMENTE, NOS AJUDE E MUITO OBRIGADO A TODOS!!!!!!!! VALEW E ATÉ A PROXIMA.

  5. Bernardo Says:

    QUE ISSO!!! Adílson matouuu a imprensa ontem!!! Alguém ouviu? foi muito doido! Criem um post a respeito! ZZZZZZZEEEEEEEEEERRRRRRRRRRRROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    • imprensamineira Says:

      Escreve um texto bacana aí que eu posto, Bernardo. O blog é de todos e temos que nos ajudar… abraços

  6. Bernardo Says:

    Escutem a narração da CBN!!!! http://globoradio.globo.com/RadioClick/Player/10/0,,KY1062536-5944,00.html
    Foi mal Alberto Rodrigues… Eu sou seu fã! Mas você trabalha para as pessoas erradas… e já ta perdendo na narração! depois comparem vocês ai…

    • imprensamineira Says:

      Pois eu sou, ou era, fã do Alberto Rodrigues da década de 90, neste século suas transmissões e interesses tem mudado E MUITO. Não sinto a menor falta dele nem de nada ligado a esse cancer chamado Atletiaia. Estou MUITO feliz ouvindo a Globo CBN, o Pequetito, o Guiotti.

      Hey, Atletiaia, VTNC!

      • Bernardo Says:

        Francamente, a narração dele foi fantástica. Ele pode até não torcer para o Cruzeiro, o que é completamente compreensível. Mas a CBN BH é realmente muito mais imparcial. Não ficam colocando lenha na fogueira.

  7. GUTEMBERG Says:

    VEJA O QUE O INFLIZ ESCREVE EM SEU BLOG http://www.dzai.com.br/leopoldos/blog/sembarreira#
    ei !! o tal d leopoldo sququeira ta caçando tomar um tiro na testa….vejao que ele escreve “Kleber na Europa? Manchete indesejada pela torcida cruzeirense pode ser confirmada nas próximas horas” isso depois de uma vitória historica em sp

  8. Gustavo Says:

    Ontem estava assistindo ã entrevista do Adilson no SPORTV quando o Arthur Morais provocou o Adilson dizendo que o “Cruzeiro finalmente tinha recuperado o futebol que era cobrado pela torcida e imprensa”. Gostaria de falar para o Artur Morais, que eu sou torcedor e não estava insatisfeito com o time, e sim compreensivo pelo momento de excesso de jogos e várias contusões. Futebol não deve ser olhado a cada momento, e sim com uma visão mais ampla, entendendo o planejamento do Adilson, algo que a ATLETIAIA não faz!

    Só Gostaria de deixar claro, sr. Artur que o senhor não é o porta-voz do torcedor. O que vc disse não corresponde ao que eu penso, portanto quando fizer a próxima provocação use apenas o nome de sua tendenciosa rádio, e não a visão do torcedor!

    • Andre Ponte Preta Says:

      Gustavo,

      interessante, sua observação. Não sei se você notou, mas não é raro que o Artur Morais arranje problemas com o policiamento dos jogos, com as autoridades presentes, com integrantes das equipes tecnicas das equipes… pelo visto, esse moço não é exatamente um exemplo de jornalista imparcial. Um dia, parece-me que o Emanuel Carneiro ainda brincou, dizendo que ele precisava se benzer, porque estava atraindo muita confusão. Acho que benzer-se não vai resolver, ele é chato por vocação.

      • imprensamineira Says:

        Me lembro bem disso. Ele é um mala arrogante. Já passou da hora de correrem com ele de lá da Toca. Vá de retro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: