O poder que pode ser nefasto da imprensa

“Boa tarde a todos.

O Cruzeiro eliminou o São Paulo em pleno Estádio Cícero Pompeu de Toledo, até normal, em virtude do grande futebol apresentado pelo Cruzeiro. No outro dia, sintonizando o velho rádio que possuo no meu também quase velho carro. Escutei um “repórter”, que não vem ao caso dizer o nome, dizendo: “… A imprensa de São Paulo está derrubando o Murici Ramalho…” Isso me incomodou profundamente. A imprensa não se diz imparcial? Qual o interesse deles em derrubar o Murici Ramalho? A forma como esse repórter se pronunciou me deixou “cabreiro” pela certeza que ele disse que a imprensa paulista derrubaria o Murici Ramalho. Realmente o Murici caiu. Fica aí a questão. A imprensa mostrou sua força, ou a diretoria do São Paulo que já não suportava mais o “estilo Murici de ser” de um técnico que em 4 campeonatos brasileiro ele ganhou 3?

Os questionamentos após escutar essa declaração foram muitos, como vocês puderam ver. Mas porque uma “classe” que sempre se omite quando perguntados qual o Clube pelo qual torcem, derrubaria um técnico? Além disso, ficam se dizendo IMPARCIAIS, ou até mesmo declarando que torcem pelo futebol do Estado onde trabalham, isso é pura demagogia. O curioso é que a mesma imprensa está “espalhando” que o mesmo Murici está indo para o Palmeiras, eterno rival do São Paulo. Uai! Se ele é ruim para o São Paulo, porque seria bom para o Palmeiras, clube do mesmo Estado. O Murici sempre trata a imprensa com autenticidade, falando tudo “na lata”, alguns jornalistas talvez por ter um “diploma”, que já não é mais necessário (apesar de que eu não concordo com a decisão do governo) se julgavam ofendidos pela arrogância do Ex-Treinador do São Paulo resolveram de forma covarde “bater no mesmo”. Fazem uso da mídia para prejudicar os outros. Isso é ser imparcial? Os mesmos não contribuem com nenhum centavo com as finanças do clube, porque eles se julgam no direito de derrubar o técnico que tem o apoio do maior patrimônio de um Clube, a torcida. A torcida do São Paulo apóia o Murici, coitado é do outro técnico que assumiu.

Minha preocupação é com o Adilson Batista. Assim como o Murici, ele é tido como arrogante por parte da imprensa regional. Ele vem sendo na maioria dos jogos onde o Cruzeiro não se posta bem em campo, alvo das “língua listradas de preto e branco” que comandam a mídia em Minas Gerais. Enquanto isso o outro lado já trocou de técnico, e o técnico que saiu nem criticado foi, simplesmente passou batido. Nós Cruzeirenses temos é que apoiar o Adilson Batista, nós temos que proteger a imagem do Cruzeiro. O Cruzeiro ontem deu, sobre o comando do Adilson Batista, um enorme passo para novamente conquista a América, para novamente “honrar de verdade o nome de Minas Gerais”. Ontem era o jogo para ser falado no Brasil inteiro. Porém dentro do nosso Estado, tentaram abafar a repercussão do clássico entre Cruzeiro x Grêmio. Anunciaram, Juan Roman Riquelme no clube “cacarejante”. Só podia ser piada mesmo. Para nós Cruzeirenses, mais um motivo de gozação em cima dos “galináceos”, para eles uma tremenda piada de mau gosto. Daqueles que todos os anos desde 1971 vem sendo iludidos por “jornalistas corneteiros”. Tentaram abafar o Cruzeiro, igual a contratação do Ronaldo pelo Corinthians abafou o título brasileiro do São Paulo. Tentaram, mas não conseguiram, mais uma vez o que se pôde ver nos noticiários pelo Brasil a fora, foi o nome do Cruzeiro, juntamente com o nome do Grêmio seu adversário. O nome Riquelme, pelo que eu observei na internet só foi noticiado na “imprensa zebrada” e bairrista de Minas Gerais. Ontem por exemplo, fiquei impressionado com o tratamento da imprensa Gaúcha para com o Grêmio e com Internacional. Lá parece que as coisas são divididas. Há anos os Cruzeiro vem se destacando no cenário nacional. Está entre os poucos times que nunca tiveram na série B. Minas Gerais também é conhecida na América do Sul através do Cruzeiro. “La Bestia Negra” é o apelido que o Cruzeiro conquistou no Continente Americano por vencer os Grandes da América. O Cruzeiro mais uma vez, poderá disputar um Mundial de Interclubes e talvez levar o nome de Minas Gerais ao topo mais alto do Futebol Mundial. A “gigante” da televisão brasileira e mundial alterou sua programação da quarta e da quinta feira para poder mostrar o Cruzeiro contra o São Paulo. O Brasil todo elogia o Cruzeiro, o Brasil todo elogia o Adilson Batista, o Brasil todo está aos pés do “queniano” que foi uma aposta dos Perrelas e vem encantando na Seleção Brasileiro. Mas infelizmente, dentro de Minas Gerais tentam igualar o Clube Patético que não ganha nada desde 1971 ao nosso Cruzeiro. Realmente é lamentável.

Um abraço a todos.”

Texto do torcedor Cristiano.

Anúncios

28 Respostas to “O poder que pode ser nefasto da imprensa”

  1. Carlos Valente Says:

    É meu caro colega Cristiano, nem tudo são flores. A “gigante” da televisão brasileira e mundial com você definiu acima, não passou o jogo CruzeiroXGrêmio aqui em São Paulo/SP. Tenho certeza de que se o São Paulo fosse à semifinal contra o Grêmio, ela passaria o jogo aí em BH. Não é fácil ser Cruzeirense!

    • imprensamineira Says:

      Não é fácil mas é BÃO DEMAIS DA CONTA, SÔ!

      • Carlos Valente Says:

        CONCORDO EM GÊNERO, NÚMERO E GRAU!

      • Robson Tovarish Says:

        Preconceito, Desigualdades, Diferenças

        Grande tema gerador que nos faz refletir sobre as desigualdades, as diferenças e o preconceito. Fico pensando por que somos tão descriminados, a mídia nos impõe um verdadeiro regime de regras, imperado por esse Apartheid escandaloso. Que culpa a gente tem se o nosso sangue é azul, se em lugar de glóbulos brancos, correm estrelas por nossas veias. Ao deitarmos em berço esplendido, sonhamos, projetamos e conquistamos títulos, desprezando as desigualdades, pois a imagem do Cruzeiro resplandece.

        A mídia atleticana manufatura hipóteses no intuito de quebrar as diferenças entre os clubes. A DIFERENÇA existe e está aí, na cara todo mundo vê. Pendurem uma camisa alvinegra no varal e ela enfrenta o vento, resiste tanto que amarela e cai. A camisa azul, não! Vai ao embalo do vento, se deixa levar pela força da natureza, empurrando-a cada vez mais para o azul infinito, ao sucesso cósmico, enfim as estrelas. Cada um de nós tem o direito de viver, de ser livre, de ter sua casa, de ser respeitado como pessoa, de não ter medo, de não ser pisado por causa de seu sexo, de sua cor, de sua idade, de seu trabalho, da cidade de onde veio da situação em que está, ou por causa de qualquer outra coisa.

        Qualquer ser humano é nosso companheiro porque tem os mesmos direitos que nós temos. Esses direitos são sagrados e não podem ser tirados de nós; se forem desrespeitados, continuamos a ser gente e podemos e devemos lutar para que eles sejam reconhecidos. Principalmente por sermos Cruzeirenses.

      • Robson Tovarish Says:

        Cavalo Paraguaio

        A imprensa atleticana já fazia um barulho danado em relação a sua congregação irracional das cores alvinegras. Agora… Com o primeiro lugar no Brasileirão aja paciência em aquentar
        as pautas fomentando o “sucesso” do Atlético no campeonato. Tem jornalista até publicando matéria, que o Atlético está se dando o luxo de dispensar patrocínio, vão trazer Riquelme, etc.

        Este é o marketing da ilusão, que a mídia faz para contagiar e angariar mais inocentes espíritos alvinegros para a sua ilha da fantasia. Ora, todo mundo sabe e é notória a quebradeira que anda lá pelos lados de Vespasiano. Estão fazendo flashs e orações em forma de reportagem ao vivo de shoppings, fazendo um barulho danado.

        Com o primeiro lugar no brasileiro, a “imprensa” encravou de vez a bandeira preta e branca nas pautas dos jornalistas parciais e até agora não apareceu ninguém para fazer uma matéria e dizer que existe um novo cavalo paraguaio na ponta do Brasileirão 2009.

  2. simone castro Says:

    Cristiano, como já disse no post anterior, MARAVILHOSO TEXTO!
    Assino embaixo!

  3. ACS Says:

    Parabéns pelo texto Cristiano. O cruzeiro deve pedir total segurança a confederação sul americana para os jogadores e torcedores que forem assistir o jogo em Porto Alegre.

    • imprensamineira Says:

      Esse é meu medo. Será que o clube Cruzeiro Esporte Clube vai pedir segurança a seus torcedores? Num sei não. Eu vou lá e vou ver, mas estou preparado para me defender sozinho…

  4. Breno Says:

    BOA TARDE!
    AGORA ESTÁ EXPLICADO PORQUE A ITATIAIA NÃO DIVULGA OS PODRES DO EDUARDO AZEREDO E OUTROS POLÍTICOS E DIRIGENTES DE CLUBES. eSSA EMISSORA TEM QUE SER INVESTIGADA PELA PF E MP
    LEIA AS MATÉRIAS POSTADAS NOS BLOGS:http://goldevoleio.blogspot.com/

    http://ulissesmagnus.blogspot.com/

    Sexta-feira, 26 de Junho de 2009
    Mulher de diretor de rádio de BH é funcionária do Senado
    Do blog do Pannunzio:

    A mulher do diretor de jornalismo da Rádio Itatiaia também está lotada no gabinete do senador Wellington Salgado (PMDB-MG). Sônia Maria Ferreira Doti, que mora em Belo Horizonte, foi “contratada” no dia primeiro de fevereiro de 2003 pelo então senador Hélio Costa.

    Permaneceu no “emprego” quando Wellington Salgado assumiu a vaga do titular, em julho de 2005. E lá está até hoje. O nome da “servidora”, comissionada como assistente parlamentar, aparece no Portal da Transparência, que desde ontem lista todos os funcionários do Senado.

    A nomeação da mulher do diretor de jornalismo da Itatiaia é a quarta a relacionar funcionários da maior rede de rádios de Minas Gerais a políticos daquele estado. A correspondente Aparecida Ferreira admitiu que presta serviço ao senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), informação confirmada pelo gabinete.

    A jornalista Leid Carvalho, que foi repórter política em Brasília até o ano passado, admitiu que foi lotada no gabinete do atual Ministro das Comunicações no Senado, embora não prestasse nenhum tipo de serviço.

    A repórter Gabriela Speziali, em Brasília há oito meses, também aparece na relação de funcionários de Wellington Salgado.
    Postado por Fabricio e Talismar às 11:18 0 comentários

    Fabricio Menezes
    Postado por Fabricio e Talismar às 12:27 0 comentários
    Mais uma jornalista da Itatiaia trabalhando para parlamentares
    Tá virando bagunça heim!

    Fábio Pannunzio*

    A repórter Aparecida Ferreira, correspondente da Rádio Itatiaia em Brasília, presta efetivamente serviços ao gabinente do senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG). De acordo com a assessoria de imprensa, ela é responsável pelo material enviado às rádios pelo parlamentar e dá expedientes regulares no gabinete. Além disso, Cidinha Ferreira, como ela é conhecida, ajuda na elaboração de discursos do senador, de um boletim informativo e presta consultoria.

    O caso é bem diferente do da jornalista Leid Carvalho que, embora tenha sido contratada pelo gabinete do atual ministro das Comunicações no Senado, declarou que jamais prestou nenhum tipo de serviço a Hélio Costa (PMDB-MG).

    Cida Ferreira diz que a emissora tem pleno conhecimento de sua vida profissional e não vê impedimentos éticos da duplicidade de funções. “Eu comuniquei a direção da rádio e me autorizaram a trabalhar prestando assessoria de imprensa”. Segundo ela, essa é uma situação determinada “pelos baixos salários de alguns segmentos do jornalismo brasileiro”.

    *Fábio Pannunzio é Jornalista
    Fonte: http://www.pannunzio.com.br
    Postado por Fabricio e Talismar às 10:37 0 comentários
    REPÓRTER DA ITATIAIA NÃO ACEITA RÓTULO DE “FANTASMA”
    Do Blog do Pannunzio

    A repórter Gabriela Speziali, da Rádio Itatiaia, não aceita ser rotulada como fantasma. “Eu trabalho muito. Já vivi em vários países”, diz a jornalista, indignada com a manchete deste Blog.

    Gabriela foi nomeada para o gabinete do senador Wellington Salgado no dia 2 de Dezembro passado, dois meses depois de chegar a Brasília. Desde então acumula as funções de correspondente e assessora parlamentar, em situação análoga à de todos os seus colegas na sucursal brasiliense da rede de rádio mineira.

    “Você não pode me confundir. Há pessoas e pessoas” , diz, em tom indignado, fazendo uma comparação entre o caso dela e o da jornalista Leid Carvalho, ex-correspondente da mesma emissora que admitiu jamais ter prestados serviços ao senador Hélio costa.

    A equipe do Blog tentou contatar a repórter durante a tarde de hoje. Foram disparados vários telefonemas. Duas vezes ela atendeu. A mim, pediu quinze minutos, dizendo que ligaria de volta. A pergunta era clara: o que você faz no gabinente do senador Wellington Salgado ?

    A repórter Fernanda Muylaert repetiu a mesma tentativa seis vezes. Gabriela ficou de retonar em cinco minutos e parou de atender aos telefonemas. Conseguimos estabelecer contato com ela depois de quase duas horas.

    As explicações fornecidas pela correspondente mudaram conforme as conversas avançavam. Primeiro, ela me disse que trabalhava como assessora de imprensa do senador. Depois, falou que fazia gravações de peças de rádio. Confrontada com a informação de que o próprio senador havia negado ter, desde sempre, assessoria de imprensa ou um profissional encarregado do veículo rádio, a versão foi mudando.

    “Eu faço textos em formas de release que alimentam um bancos de dados”, assegura Gabriela. Pergunto se os releases são publicados em algum lugar. “Não”, diz ela, categoricamente. “É um material produzido para a campanha”. Campanha de quem ? Ao que se saiba, Wellington não é candidato — é candidato a suplente de Hélio Costa, de que sem ufana de ter patrocinado a última campanha que, por vias trasnversas, o transformou em senador da República.

    Pergunto à minha colega porque ninguém a conhece no gabinete onde está lotada. “Eu não cumpro expediente. Pra ser assessora não tem que bater ponto”, diz ela. É um argumento razoável, com o qual concordo. Não precisa ir regularmente. Mas a ponto de ninguém ter a menor noção de quem é ela, que hipoteticamente trabalha no tal gabinete há mais de meio ano ?

    A próxima indagação é sobre a rotina que justifica o salário de assessora parlamentar. “Quantas horas por dia você se ocupa de atividades do gabinete ?”. Gabriela nào tem uma resposta pronta. Pergunto, então, se todos os dias ela dedica algum tempo à função. “Todo dia, não. Mas eu tenho uma rotina de trabalho”, diz ela.

    Gabriela está preocupada e eu entendo sua ansiedade. Deve ser uma jovem repórter com muitos predicados. Não duvido de que ela trabalhe muito, como declara. Deve ser uma pessoa valorosa em busca de uma oportunidade séria na Capital da República. Oportunidade que ainda não encontrou. É muto difícil entender releases que não são publicados, versões que vão se adaptando aos argumentos da contradita, explicações que não parecem plausíveis diante do contexto inquestionável que dá conta de que todos os correspondentes de uma mesma cadeia de rádio estão sujeitos aos mesmos vícios éticos.

    Mas estas podem ser conclusões apressadas. Enviei a Gabriela um questionário que ela se dispôes a responder. Comprometi-me a publicar na íntegra as respostas. E assim será. Não acho que ela esteja desprovida de qualquer qualidade que diga respeito ao caráter, ao respeito pela própria profissão, nada disso. Acho apenas que ela é vítima de uma condição muito parecida com a dos jornalistas do anos 50, que ganhavam uma miséria e tinham a autorização expressa dos patrões para encontrar outro meio de vida.

    Nesse caso, jornalistas são vítimas. Mesmo quando aparentemente adquirem vantagens.
    Postado por Fabricio e Talismar às 00:25 0 comentários
    Vergonha em Minas
    Caros Amigos,

    Peço licença a vocês neste espaço, para tocar mais uma vez em um assunto fora do futebol.

    Semana passada escrevi aqui a minha indignação sobre a decisão do STF de decretar o fim do diploma para jornalista.

    Agora escrevo, sobre o mais recente espisódio que só desvaloriza essa profissão combalida e às catas da desilusão.
    O jornalista paulista Fábio Panunzzio, publicou em seu blog, informações de lamentável envolvimento anti-ético três correspondentes da Rádio Itatiaia com políticos de Brasília.

    Acesse a reportagem:www.pannunzio.com.br

    Pra quem está no meio e no dia-a-dia do jornalismo, este tipo de conduta não é novidade em qualquer editoria. Política, economia, cultura, ESPORTE. Em tudo, tem troca de favores e jabás.

    Os interesses próprios, os comerciais e a sobrevivência de muitos cronistas, sempre foram os principais motivos do vale-tudo.

    Posso falar do esporte. Tem cronista quase rico e que viajou o mundo inteiro às custas de dirigentes benevolentes, seus clubes e entidades cada vez mais endividados.

    Submetidos, bajulam seus mecenas. Escamoteiam do torcedor muitas verdades. Pior, peneram os problemas e evitam o debate que renda polêmica.

    Um pouco ainda donos da verdade, já tiveram mais coragem. E são um pouco, porque ainda tem muita gente que acredita em picareta travestido de jornalista.

    Há 12 anos em Belo Horizonte, posso dizer que eles não são eternos. Alguns continuam…Sempre vão existir no rádio, tv, jornal, internet…Aqui no Brasil e no exterior.

    Mas com as possibilidades de acesso à informação que temos hoje e espaços como este para criarmos um debate, eles e outros serão combatidos.

    Pelo menos aqui serão. Dê sua opinião.

    do blog do Ulisses Magnus

    • Robson Tovarish Says:

      Acho que este post não tem nada a ver com a ideologia do blog. Não fazemos jornalismo investigativo e nem sensacionalismo. Portanto voltemos a nos concentrar nos mexericos da candinha.

      • GUTEMBERG Says:

        PELO CONTRATARIO ! ESSE ASSUNTO É EXTREMAMENTE IMPORTANTE PARA ATINGIRMOS O OBJETVO DE PROVAR A FALTA E ÉTICA QUE MOVE ESSA RÁDIO CACAREJANTE.
        MUITO ME ESPANTA O Sr. ROBSON DESVIARO ASSUNTO.

      • Robson Tovarish Says:

        Prezado senhor Gutemberg!

        Não estou aqui para fazer sensacionalismo ou jornalismo investigativo. O que me atraiu a este veículo foi pela razão de que a ideologia veiculada neste blog seria e compartilhava dos meus conceitos em combater a imprensa parcial. Esta vértebra podre da espinha dorsal da empresa referida pelo senhor é outra anomalia que deve ser combatida por outros veículos e não este.

        Mas o que parece que a sua euforia e instinto investigativo deve levá-lo a fundo neste propósito, pelo qual acho até normal, no contexto a que se propõe. Como diz o velho ditado: Os incomodados que se retirem.

  5. Breno Says:

    GALERA,
    ACESSE:http://ulissesmagnus.blogspot.com/
    http://goldevoleio.blogspot.com/
    E LEIA AS GRAVÍSSIMAS DENÚNCIAS CONTRA A RÁDIO ITATIAIA.
    ISSO É CASO DE POLÍCIA E DO MP

  6. Bernardo Says:

    Belo texto Cristiano, muito bom mesmo.
    O que me deixa estarrecido nessa história toda é que parte da nossa torcida é conivente com o comportamento da imprensa galinácea. Eu ouvia a Itatigaylo por achar que era a única, mas sempre fiquei muito revoltado. Sempre questionava se o jogo que eles viam era o mesmo que eu tinha visto. Quando descobri o protesto, consequentemente o blog e a CBN eu simplesmente mudei de estação. E QUE MUDANÇA. Não sei dizer para qual time os repórteres da CBN torcem. Pouco importa, na verdade. O que importa é que nenhum deles tentam criar problemas dentro do Cruzeiro.
    China Azul, ACORDE!!! Chega de sermos iludidos!

    • imprensamineira Says:

      Concordo integralmente. Se vc me permite uma sugestão, diria a vc e a todos que vêem a situação desta forma que divulguem esse site e esse blog a seus conhecidos. É importante esse seu testemunho como a coisa muda de figura quando vc percebe que vc não estava maluco e que realmente estes câncers da imprensa mineira realmente são tendenciosos e despreparados, e que há alternativa. Quanto mais gente souber e passar pra frente vira uma bola de neve positiva. Contamos com vcs. Abraços

  7. wander prado Says:

    jParabens Cristiano , eu tambem adorei o texto . precisamos cantar no mineirao (ei itatigylo vai tomar no c.) tauvez no proximo jogo da libertadores mais ou menos umas 70000 pessoas um abraço a todos.

  8. GUTEMBERG Says:

    Eu já disse aqui, vamos definir uma data, de preferencia em um jogo no mineirão, para realizarmos um protesto organizado, falando nisso ! cadÊ a manifetação das torcidas oranizadas? estranho que eles não se manifetem ? Continuemos com esse movimento que estamos no caminho certo

  9. Gabriel Antonoff Says:

    Pessoal, como o rapaz acima disse, boa parte da torcida azul sentia que tinha algo de errado com a imprensa, mas não tínhamos um referencial.

    Após este movimento, eu particularmente, me certifiquei que existe sim este bairrismo idiota.

    Entretanto muitos ainda não conhecem o movimento ou não estão percebendo.

    Sei que uma ‘publicidade’ mais direta fica caro, mas precisamos divulgar isto na nossa casa, ou seja, no mineirão! Fazer panfletos, faixas, camisas… (eu me proponho a criar esta campanha pois trabalho com isso). Esta poderia ser a minha contribuição. E panfletos impressos de forma básica fica barata!!

    Temos que calar esse bando de idiotas que insistem em diminuir nosso Cruzeiro!

  10. Andre Says:

    Concordo com a divulgação do manifesto atraves de panfletos distribuidos no mineirão, somente desta forma conseguiremos atingir nosso objetivo pois enquanto ficarmos apenas discutindo na internet nada vai mudar…

    se o responsavel pelo blog organizar uma forma de arrecadar fundos para confecção de faixas e panfletos estaria disposto a contribuir como muitos que frequentam este espaço.

    fica a sugestão!

  11. GUTEMBERG Says:

    Fico revoltado com o Alberto Rodrigues, narrador daquela rádio itatiaia, ele criticou severamente o garoto dudu, no jogo contra o Avair, com crítica como “ele nunca será titular do cruzeiro” eu não consigo aceitar tamanha sacanagem com o garoto. Contra o Bernado que estava contundido em campo, foi a mesma sacanagem com críticas pesadas e infundadas. Deixo aqui meu protesto contra esse Alberto Rodrigues, que prejudica meu cruzeiro tentando agradar seus patrões .

    • Robson Tovarish Says:

      Gutemberg, sejamos sustos, as criticas foram para o Vanderley, que já passou da hora de procurar seu caminho. Em relação ao Bernado ele não vem jogando a bola que mostrou na Copa São Paulo. Trocando em miudos: Tem muita gente precisando pegar as malas no Cruzeiro, não vamos tampar o sol com a peneira.

      • imprensamineira Says:

        Nessa estou com o Gutemberg. Mesmo que não tenha feito uma partida brilhante ainda assim o Bernardo ajudou os garotos em campo. Lembrem-se que o Bernardo ainda é um garoto em formação. E pelo que soube de várias pessoas que ouviram a Itatiaia o que o Alberto Rodrigues fez com o Dudu não se faz. Nota 0 pro ranzinza Alberto Rodrigues. Só ranzinza não. Ranzinza e fraco, fraco pela subserviência a seus patrões.

  12. Gabriel Antonoff Says:

    Não escutei nada de lá, cheguei do mineirão agora a pouco, e deixei meu radinho na CBN 106,10 FM. Façam isso….

  13. Maria José Says:

    Também ouvia a Itatititi por que não conhecia outra opção. Agora só ouço jogos do cruzeiro pela CBN e estou muito feliz com esta troca. Não escutem a Itatititi pra ficar com raiva: existem outras opções de qualidade

  14. GUTEMBERG Says:

    Todos devem saber da corrupção em que a rádio itatiaia esta envolvida.
    sugiro a todos que se informem nos links abaixo:

    http://www.pannunzio.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=358:reporter-da-itatiaia-nao-aceita-rotulo-de-qfantasma&catid=1:ultimas-noticias

    http://pannunzio.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=359:resposta-de-leid-carvalho-a-materia-do-blog&catid=1:ultimas-noticias

    http://pannunzio.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=346&catid=1

    https://imprensamineira.wordpress.com/2009/06/25/o-poder-que-pode-ser-nefasto-da-imprensa/#comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: